Projeto Edificar!

Tema: A Matemática e o Desenvolvimento Sustentável.

“Uma obra por um Futuro melhor”
Prof. Cristiane Pistille

“Na maior parte das ciências, uma geração põe abaixo o que a outra construiu, e o que a outra estabeleceu a outra desfaz.Somente na Matemática é que cada geração constrói um novo andar sobre a antiga estrutura”. (Hermann Hankel)

E.E Prof. Flávio Gagliardi

Turmas: 6º.7º,8º e 9º ano

           A Matemática, durante muito tempo, e ainda hoje, passa por muitos questionamentos na sua essência, como: para que serve? Onde se dá a sua aplicação? Qual o significado de estudar Matemática?Enfim, muitos são os questionamentos que rondam a Matemática em toda sua história ou em boa parte dela.

Este trabalho visou como objetivo de demonstrar através da construção da “casinha”com caixa Tetra Pak a aplicabilidade da matemática no nosso cotidiano.

O trabalho está constituído em partes:

Figura 1- Ilustração da “casinha” em fase de construção e Finalizada após o processo de aprendizagem.  

  1. Primeira fase: Percepção e Apreensão

A escolha do tema A Matemática e o desenvolvimento Sustentável originou-se depois dos resultados da escola apontarem um baixo rendimento na disciplina de matemática e sendo assim foi investigado qual era o meio de convívio dos alunos para que as estratégias fossem planejadas,constatou-se que a vivência dos alunos estavam relacionadas as praticas de reciclagem e coleta, e muitas das vezes correlacionadas as atividades de serralheria,marcenaria,pedreiro,servente. Assim surgiu a ideia de construir uma casa com a matéria prima de caixa Tetra Pak,visto que para a construção os alunos deveriam realizar o planejamento da casa calculando todos as partes para sua construção, para o incentivo a arrecadação das caixas .

Realizamos estudos sobre as possíveis conseqüências do descarte inapropriado da caixa Tetra Pak(caixinha de Leite),e alguns projetos já desenvolvidos utilizando a caixa Tetra Pak como matéria prima, despertando nas crianças valores e ideias de preservação da natureza e senso de responsabilidade para com as gerações futuras; Foram criados grupos de estudos em que os alunos tiveram a ideia de abordar a conscientização dentro da escola e em suas casas, e lançaram uma campanha de arrecadação de caixa Tetra Pak para a construção de uma “casinha”. O trabalho foi desenvolvido através de cartazes e contêiner  na escola para coleta seletiva:

Tópicos da campanha:

  • Incorporar o respeito e o cuidado para com o meio ambiente.
  • Incorporara rotina da coleta seletiva.
  • Reconhecer atitudes inadequadas para com o seu meio ambiente.
  • Reconhecer que os cuidados com o meio ambiente promovem a qualidade de vida para os seres vivos.
  • Conscientizar sobre as diferentes formas de coleta e destino do lixo, na escola, casa e espaços em comum.
  • Chamar atenção para Conscientizar sobre o uso adequando e renovação de certas matérias primas: Reciclagem.

Figura 2- Ilustração da campanha de arrecadação decaixa tetra Pak,e reciclagem.

2. segunda fase: Compreensão e Explicitação

Em paralelo ao trabalho de conscientização  ,foi realizado varias atividade para que os alunos  projetassem a “casinha “ e assim também obtermos as quantidades de caixas que seriam utilizadas no projeto para que pudessem ser arrecadadas,e tendo uma meta de arrecadação.Todas as turmas foram envolvidas nesta fase visto a necessidade de visualização do projeto e entendimento do mesmo.

Figura 3- Ilustração da “casinha” em fase de construção demonstração e elaboração.

Foram feitas reuniões com as turmas onde colocaram suas ideias e sugestões para a construção da“casinha”. A principio a professora ofereceu que a construção fosse de uma  “casinha de brinquedo” como a ideia inicial seria chamada, e fosse na forma de pequenas maquetes,porém os alunos não aceitaram a proposta com a indagação “ Se não for para gente entrar nesta casa,não faremos!”, assim elaboramos um layout na lousa da “casinha “ como norte para futuras atividades , medimos as caixas Tetra Pak para temos a dimensão para poder seguir com o projeto.Observamos que cada caixa de leite tinha uma medida diferente de acordo com sua marca , assim selecionamos  uma marca mais comum no mercado como modelo para conseguirmos trabalhar os cálculos.

Figura 4- Ilustração da “casinha” em fase de construção e Finalizada após o processo de aprendizagem

   Como layout elaborado, os alunos  foram desafiados  a fazerem a coleta das 1100 caixas Tetra Pak 960 para construção de paredes e 140 para o telhado.Foi muito estimulante para eles este desafio visto que intensificaram as abordagens de conscientização na escola e na comunidade para que conseguissem atingir o objetivo.

Todas as atividades foram elaboradas a partir do currículo do Estado de São Paulo,caderno do aluno volume 2,cada uma de acordo com ano/serie das turmas sendo seu principal objetivo a construção e elaboração da “casinha” de caixa Tetra Pak.

3. Terceira fase: significação e expressão

Nesta etapa os alunos com todos os dados das atividades elaboradas em mãos começaram então a construir a casa de fato, há principio as caixas Tetra Pak já estavam preenchidas com jornal/revista e lacrada com fita adesiva,pois esta parte os alunos fabricavam no fim de cada aula ao longo do mês,foram disponibilizados 15 minutos de cada aula para esta execução e também com a ajuda do grêmio estudantil quando havia falta de professor e os alunos estavam com a aula vaga,eles iam buscar as caixas para enche-las formando assim nossos tijolos.

Figura. Construção dos “tijolos”- enchimento da caixa tetra Pak com jornal/revista.

Com os tijolos construídos a próxima fase foi construir colunas de acordo com as dimensões das paredes,a grande dificuldade deste momento foi que cada caixa tem uma medida então os alunos tiveram que separar por marca de fabricante e ir medindo e quando necessário recortar a caixa para obter o valor de medida exato.

Figura. Construção das barras para as paredes.

Coma “casinha ficou muito grande, não foi possível a montagem das paredes em sala de aula, pois geraria um grande desconforto visto que não havia espaço suficiente para isso, então aos sábados junto ao projeto “escola da família”alguns alunos se reuniram para fazer a junção das colunas dando forma as paredes e telhados ,sempre conferindo as medidas junto ao projeto elaborado.

Os moveis dentro da casinha confeccionada a partir de um solido geométrico.

Figura. Moveis e finalização da construção.

Em 90 dias de elaboração e planejamento e construção muitas atividades foram desenvolvidas abrangendo as habilidades, todas as atividades em anexo deste projeto:

6º ano:

  • Saber realizar medidas usando padrões e unidades não convencionais; conhecer diversos sistemas de medidas
  • Conhecer as principais características do sistema métrico decimal: unidades de medida (comprimento, massa, capacidade)e transformações de unidades.
  • Saber identificar e classificar formas planas e espaciais em contextos concretos e por meio de suas representações em desenhos e em malhas.
  • Saber planificar figuras espaciais e identificar figuras espaciais a partir de suas planificações
  • Compreender a noção de área e perímetro de uma figura, sabendo calculá-los por meio de recursos de contagem e de decomposição de figuras
  • Compreender a ideia de simetria, sabendo reconhecê-la em construções geométricas e artísticas, bem como utilizá-la em construções geométricas elementares

7º ano

  • Compreender a ideia de medida de um ângulo (em grau), sabendo operar com medidas de ângulos e usar instrumentos geométricos para construir e medir ângulos.
  • Compreender e identificar simetria axial e de rotação nas figuras geométricas e nos objetos do dia a dia.
  • Saber calcular a soma das medidas dos ângulos internos de um triângulo e estender tal cálculo para polígonos de n lados.
  • Saber aplicar os conhecimentos sobre a soma das medidas dos ângulos de um triângulo e de um polígono em situações práticas.
  • Saber identificar elementos de poliedros e classificar os poliedros segundo diversos pontos de vista.
  • Saber planificar e representar (em vistas) figuras espaciais.
  • Saber reconhecer situações que envolvem proporcionalidade em diferentes contextos, compreendendo a ideia de grandezas direta e inversamente proporcionais.
  • Saber resolver problemas variados,envolvendo grandezas direta e inversamente proporcionais.
  • Reconhecer e saber utilizar o conceito de razão em diversos contextos (proporcionalidade, escala, velocidade,porcentagem etc.), bem como na construção de gráficos de setores.

8º ano

  • Compreender e usar o plano cartesiano para a representação de pares ordenados, bem como para a representação das soluções de um sistema de equações lineares.
  • Reconhecer e aplicar o teorema de Tales omo uma forma de ocorrência da ideia de proporcionalidade, na solução de problemas em diferentes contextos.
  • Compreender o significado do teorema de Pitágoras, utilizando-o na solução de problemas em diferentes contextos.
  • Calcular áreas de polígonos de diferentes tipos, com destaque para os polígonos regulares
  • Saber identificar prismas em diferentes contextos, bem como saber construí-los e calcular seus volumes.

9º ano

  • Saber reconhecer a semelhança entrefiguras planas, a partir da igualdade das medidas dos ângulos e da proporcionalidade entre as medidas lineares correspondentes.
  • Saber identificar triângulos semelhantes e resolver situações-problema envolvendo semelhança de triângulos.
  • Compreender e saber aplicar as relações métricas dos triângulos retângulos, particularmente o teorema de Pitágoras, na resolução de problemas em diferentes contextos.
  • Compreender o significado das razões trigonométricas fundamentais (seno, cosseno e tangente) e saber utilizá-las para resolver problemas em diferentes contextos.
  • OBJETIVOGERAL

Dinamizar as aulas de matemática de modo que os alunos participem ativamente construindo seus conhecimentos de forma lúdica contextualizada e prazerosa.

Proporcionar o conhecimento e a conscientização dos alunos acerca dos temas que envolvam meio ambientes e cidadania, desenvolvendo a construção de atitudes para a preservação e com o desenvolvimento sustentável.

  • OBJETIVOS ESPECÍFICOS
  • Estimular o pensamento independente, a criatividade e a capacidade de resolver problemas;
  •   Desenvolver habilidades de estimar, criar estratégias e calcular;
  •   Incentivar o trabalho coletivo, o respeito ao próximo e a criar e respeitar as regras;
  •  Proporcionar a aquisição de novos conhecimentos através do lúdico no ensino da matemática.
  • Despertar nas crianças valores e ideias de preservação da natureza e senso de responsabilidade para com as gerações futuras;
  • METAS
  • Elevarem 50% o rendimento escolar dos alunos do Ensino Fundamental na disciplina de Matemática.
  • Trabalhar junto com alunos uma metodologia onde as aulas serão práticas e dinâmicas para que haja maior motivação e participação dos mesmos nas atividades propostas resultando em aprendizagem.
  • Retomaras Habilidades não adquiridas conforme diagnosticadas através das avaliações processuais e saresp.
  • Trabalhara adaptação curricular de uma forma mais homogenia

  1. Rogério em Bullying

    Ótimo texto. Nos dias que vivemos o assunto é muito relevante.

  2. Gostei muito do que li.pois tenho psoriase a mais de 6 anos e deixei de usar muitas coisas com o…

  3. Obrigada, Sirlene seja bem vinda 🤩 que juntas possamos compartilhar nossas experiências profissionais! Um abraço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s